Curso Formar, Transformar, Recriar com Profª Drª Maria Alice Proença

A abordagem de Reggio Emilia e o trabalho com Projetos, Portfólios e Redes Formativas

Professora: Dra Maria Alice Proença*

A abordagem de projetos proposta por Malaguzzi requer dos educadores práticas instrumentais que caminham para uma reflexão intencional, além de flexibilidade para trocar experiências, observações e relatos, que viabilizam a tomada de consciência de uma nova visão de criança na contemporaneidade: um sujeito potente, protagonista de suas buscas, pesquisador de seus interesses, produtor de cultura e coautor do trabalho realizado no dia a dia da escola.

Quando: 3 e 4 de maio de 2019

Público Alvo: Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental Competências e metodologia:

1- Analisar de que forma a força da articulação entre os fazeres e saberes do professor/educador pode auxiliá-lo na (trans)formação da prática docente, de acordo com as demandas da sociedade atual.

2- Conhecer como utilizar instrumentos metodológicos que organizam o cotidiano na escola, e auxiliam uma prática reflexiva, que valoriza a cultura da infância: Planejamento, Observação, Registros, Reflexão e Avaliação.

3- Como desenvolver Projetos? Projetar o trabalho de Piaget a Malaguzzi. Quais os passos deste poderoso instrumento teórico que enriquece a nossa prática? O trabalho com projetos visto como um processo dinâmico no qual o conhecimento é recriado, envolvendo uma postura, uma concepção que vai além de uma metodologia, promovendo reflexão e contribuindo para o desabrochar de um sujeito sensível, pesquisador, curioso e autônomo.

4 – Aprofundar o Conceito de Rede/mapa conceitual . Na sociedade contemporânea as imagens comunicam idéias, despertam pensamentos e transformam-se em materiais para novas elaborações. A mobilização do sujeito em busca de palavras-chave e de imagens que representem uma inquietação interna envolve pesquisa pessoal e a busca de novos significados. Por sua vez, ao compartilhar práticas ressignificadas, ampliam a visão do grupo como um todo. Também visto como uma constelação sistêmica, o trabalho em redes permite ao educador transcender saberes.

Local: Escola Casa do Horto, Rua Estácio, Nº 229 – Horto Florestal.

Quando: Dia 03/05 – 18h às 21h30 + Dia 04/05 – 8h30 às 12h / 13h às 16h

Valor: R$ 200,00 até 10 de abril de 2019. Após esta data RS 250,00

Confirmação mediante depósito bancário e preenchimento da ficha de inscrição:

Banco Bradesco / Agência 0662 / Conta 5837-8

Professora: Alice Proença é doutora em educação pela PUC-SP, mestre em didática e metodologia pela Faculdade de Educação da USP. Professora do curso de pós-graduação sobre Reggio Emilia no Instituto Singularidades. Formadora de professores da rede pública e privada de São Paulo, é assessora pedagógica da rede particular, coordenadora e fundadora do Grupo de Estudos sobre Projetos (GEP) e coordenadora do projeto Paz se faz com Arte, em parceria com o Museu de Arte Moderna (MAM) e a Aliança pela Infância.

VAGAS LIMITADAS

Realização: Escola Experimental e Casa do Horto