Projeto Institucional
de Leitura

Compreendemos que o trabalho com o desenvolvimento do comportamento leitor, das capacidades e procedimentos de leitura é um dos grandes eixos da proposta pedagógica da Escola Experimental. Buscamos ensinar a usar a língua como objeto social, como instrumento vivo, dinâmico e inserido em situações comunicativas reais. Nossos projetos e atividades de rotina, favorecem que as crianças vivenciem situações significativas e prazerosas de leitura, envolvendo diversas tipologias e portadores textuais. Essas experiências, permitem a ampliação e desenvolvimento das competências leitoras através de práticas sociais de leituras.

Seguem algumas práticas cotidianas do nosso projeto Institucional de Leitura:

RODAS DE LEITURA:

Faz parte da rotina escolar da Experimental o oferecimento de um tempo para a prática leitora na sala de aula, para que os alunos exercitem as habilidades implicadas

no ato de ler. Como afirma Colomer (2007), a formação literária na escola deve ter como foco o desenvolvimento de uma capacidade interpretativa que permita tanto uma socialização mais rica e lúcida dos indivíduos, como a experimentação de um prazer literário que se constrói ao longo do processo. Por isso, buscamos “seduzir” constantemente o aluno leitor, criando momentos cotidianos em que as leituras são realizadas e compartilhadas, textos de diversas tipologias explorados, recomendações mútuas incentivadas e apreciações compartilhadas.

LEITURA COMPARTILHADA:

Por considerar que a Prática da Leitura se realiza como interação entre textos e leitores, há tarefas que professores e alunos precisam realizar constantemente. A leitura compartilhada é uma atividade que consiste na leitura, por partes ou capítulos, de obras mais complexas, instigando o aluno a se envolver com o enredo, a buscar indícios, a fazer antecipações e inferências e a se posicionar diante das ideias do autor.

CIRANDA DE LIVROS:

A ciranda acontece em um momento específico da semana no qual o aluno escolhe um livro que deseja levar para casa e realizar a leitura. Após a escolha do livro, o aluno deverá compartilhar suas impressões na semana seguinte. São exemplos de atividades propostas na ciranda de livros: fazer indicações, comentários, resenhas, análise das personagens, abordagem do tema principal, etc.

SACOLA LITERÁRIA:

A Sacola Literária tem por objetivo ampliar o repertório de leitura dos alunos. A sacola é encaminhada para casa no dia da ciranda contendo: 1 livro indicado pela professora, 1 livro indicado pelo grupo e 1 livro escolhido pelo aluno. O aluno responsável pela sacola deve ler todos os exemplares e escolher um para apresentar de maneira livre para os colegas.

SESSÃO SIMULTÂNEA DE LEITURA:

As sessões simultâneas de leitura envolvem toda a comunidade escolar. Professores, coordenadores, gestores e funcionários, selecionam livros e escrevem resenhas. que são compartilhadas com as crianças. Um painel com a publicação das resenhas dos títulos escolhidos para a sessão é exposto com antecedência, com o propósito de divulgar o nosso acervo e favorecer que as crianças façam suas escolhas leitoras, inscrevendo-se na sessão que deseja participar.

As sessões acontecem simultaneamente, com a participação de crianças de diferentes turmas, que se reúnem a partir do interesse pela história que será lida, tendo desta forma, a oportunidade de vivenciar diferentes comportamentos leitores.